terça-feira, setembro 15, 2009

Hey, Woodstock

Hippies

Os hippies eram parte de um "movimento" contracultura (auge 60 - espírito libertário, transformações da consciência, valores e comportamento na busca de outros espaços de expressão). Tendo por ponto principal os anos 60 (pelo menos lá fora), os hippies adotavam um estilo de vida nômade em comunhão com a natureza, negando o nacionalismo. Nos anos 60, muitos jovens começaram a contestar a sociedade, defendendo o 'amor livre' e a 'não-violência'.
Usavam cabelos e barbas mais compridos do que era considerado "elegante" na época que surgiu. Roupas velhas e naturalmente rasgadas, para ir em oposição ao consumismo, ou então roupas com cores berrantes para fazer apologia a psicodelia, além calças boca-de-sino, camisas tingidas, roupas de inspiração indiana, etc, eram características associadas aos hippies.


O Tema

O Woodstock Music & Art Fair (informalmente chamado de Woodstock ou Festival de Woodstock) foi um festival de música anunciado como "Uma Exposição Aquariana: 3 Dias de Paz & Música", organizado numa fazenda no estado de Nova York, foi realizado entre os dias 15/08 e 18/08/69, exemplificando a era hippie e a contracultura no final dos anos 60 e começo dos 70. ,

Neo Hippie

Surgiram no início do século XXI e são visualmente parecidos com os hippies originais: tem os cabelos compridos, usam roupas consideradas "incomuns" ao resto da sociedade. Diferentemente dos hippies originais, porém, os neo-hippies não tem nenhum fundo critico social (mais conservadores do que contestadores).

"Sou chic, mas desencanada"

Uma das fortes tendências de moda para o Verão 2009 é o estilo hippie chic. O rústico ganha sofisticação e brilho com bordados industriais que parecem manuais, acessórios, saias longas, vestidões confortáveis, lenços, tecidos cheios de fluidez, detalhes artesanais e um pé nos anos 70.




Fonte: Aleatórias.
Fotos: Janis Joplin ; Nicole Richie.

5 comentários:

Fabiane disse...

Apesar de gostar de algumas músicas da Janis, etc... Não gosto do estilo hippie.
Eles só pensavam em sexo e drogas, viviam disso.
E o Woodstock foi um dos maiores causadores do alastramento da AIDS e da Sífilis no mundo.

Anônimo disse...

Jacy: Hum.. não conheço bem esse estilo à não ser pelo que falam por ai, acho que não conseguiria viver só de paz e amor. Musicas nunca escutei nenhuma, mais sei la ne cada um com sua mania. :D

Louise disse...

É, eu também não curto muito o estilo Hippie. Nem o pensamento do movimento nem o estilo das roupas...
Enfim, o blog continua ótimo, meninas! Continuam de parabens! *-*
Beijos

Skity disse...

Eu também não curto muito esse estilo, mas acho o conceito deles interessante! Paz e amor, com isso o mundo seria melhor! Amei o seu blog tb flor! vou seguir vcs...T adoro apartir de:
5-4-3-2-1: Agora...

Bjim
Skity

Erick disse...

"Eles só pensavam em sexo e drogas, viviam disso.
E o Woodstock foi um dos maiores causadores do alastramento da AIDS e da Sífilis no mundo."

É muito maior que isso, na verdade. Há uma ideologia forte e impressionante, e foi bastante necessária para que os jovens (principalmente os americanos) olhassem para o mundo de uma forma mais crítica, semelhante à contraposição doa arcadistas ao barroco, no século XVIII.

E mais, seu comentário sobre a AIDS não tem cabimento, afinal a prmeira morte de um ser humano influenciada pela AIDS foi registrada em 1976, na República Democrática do Congo. Ou seja, quase uma década depois, e milhares de milhas distante da fazenda onde foi realizado o Woodstock.

Só uma dica: É bom pesquisar um pouco antes de pensar que tem uma opinião formada.

Tchau. =D